quarta-feira, 3 de junho de 2009

TONY AWARDS 2009


Domingo, 7 de Junho de 2009.

Os vencedores dos Prémios do Teatro mais esperados no
Mundo inteiro vão ser divulgados. Uma Gala a não perder!


7 comentários:

Astrid disse...

tic, tac, tic, tac,tic,tac...

...
...
...
:)
beijos, flores e estrelas *****

Helder Magalhaes disse...

é mesmo uma contagem decrescente!!

Eu voto no musical do "Billy Elliot" como o grande vencedor da noite.

é um palpite! :)))

Beijossss, do
Helder

Astrid disse...

Olá,

Esperemos... depois diz alguma coisa.

Abreijos!

Helder Magalhaes disse...

Ai as saudades que eu tinha dos teus "abreijos"... nem imaginas!
lol

bjssss, do
Helder

Astrid disse...

Saudade: esta palavra tão típica do nosso idioma.... Eu pensei até que tinhas perdido a consciêdncia em algum teste... e a memória! :)))

Parece que não... :))))

ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!ABREIJOS!!!!!!

:))))

Helder Magalhaes disse...

Olha que eu às vezes perco muita coisa... ainda hoje perdi imensos ficheiros importante que tinha na pen e não percebo como! Acho que ficou meia danada, ou coisa que a valha...
Mas memória cá vou tendo alguma e consciência tento ter sempre em tudo o que faço! Não há teste que me supere, mas quando a carga de trabalhos é muita (mais ou menos como agora) lá me esqueço de umas coisitas e, por vezes, falho a algumas pessoas sem querer.
São coisas que acontecem... e isto tudo para concluir que, apesar de tudo, as coisas boas nunca se esquecem; se não ficam na memória, ficam no coração!

Um beijo, do
Helder

Astrid disse...

... Tenho perdido tanta cosia! Nem te conto... Outro dia, passei pela porta de casa e nem dei por ela... Há mesmo males que vêm p/ pior :))) Quanto aos nossos corações, que continuem a bater e no compasso certo!
Ah! Quando perderes as coisas, usa meu truque: Digo bem séria que errar é humano e colocar a culpa em alguém, então, nem se fala...

:)

Que falta de vergonha, Astrid!

Abreijos, flores e estrelas *****